Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

http://www.capitalnews.com.br/system/fotosNoticias/D20120725_H162345_ID235073.jpgA partir de depois de amanhã, os usuários do sistema de transporte urbano de Salvador vão contar com mais conforto e disponibilidade de veículos. É que a cidade recebeu na manhã de ontem mais 31 ônibus novos, durante solenidade na Praça Municipal, com a presença do prefeito João Henrique, outras autoridades e populares.

Todos os novos veículos – que vão atender várias rotas, como Pituba-Tobogy, Tancredo Neves - Pituba e Susssuarana - Lapa – respeitam a Lei Orgânica do Município que estipula às empresas concessionárias do serviço público que 5% da frota seja adaptada para portadores de necessidades especiais, com elevador e espaço exclusivo para fixação da cadeira de rodas. Os veículos possuem ainda ventiladores mais modernos e vidro fumê, itens que visam amenizar o calor soteropolitano.

O prefeito João Henrique falou dos esforços municipais para dotar a cidade de veículos que respeitam a acessibilidade e oferecem condições de todas as pessoas utilizarem igualmente o serviço. “Numa cidade como Salvador, que cresce cerca de 60 mil novos habitantes por ano, é necessário que a preocupação e sensibilidade dos governantes estejam voltadas para a acessibilidade. Hoje, da frota de 2.500 já temos 721 veículos adaptados”, destacou o prefeito, lembrando que há cinco anos eram menos de 100. A expectativa do poder municipal é que daqui a três anos 100% da frota esteja totalmente adaptada.

“Nossa cidade possui cerca de 15% da população que necessita de cuidados especiais e essas pessoas precisam ser tratadas com igualdade”, complementou o secretário de Infraestrutura e Transportes de Salvador, Euvaldo Jorge.

Representando as empresas São Cristóvão e Modelo, proprietárias dos veículos novos, o diretor de Operações, Pedro Rodrigues, disse que nos último três anos o grupo renovou cerca de 40% da frota, sendo 57 unidades somente neste ano. Segundo ele, é meta da companhia não deixar que um veículo continue circulando por mais de quatro anos.

“Acho que o relacionamento que o prefeito tem mantido com os empresários e a sociedade colabora para que nós possamos ter a perspectiva de que o deficiente é um cidadão que merece e tem que produzir para se sustentar, porque nós não queremos viver às custas da sociedade”, pontuou o presidente da Associação Municipal e Metropolitana de Pessoas com Deficiências.

As empresas Vitral e Praia Grande também disponibilizaram, cada uma, 9 ônibus com as mesmas características, mas não participaram da solenidade devido à restrição de espaço na Praça Municipal.

Adaptação – Diferentemente dos hidráulicos (à base de óleo), até então utilizados, os elevadores dos novos veículos são pneumáticos, ou seja, utilizam o ar do próprio veículo, sem causar nenhum dano ao meio ambiente.

São acionados automaticamente pelo cobrador, sempre que há a solicitação do passageiro, que embarca e desembarca de forma confortável e segura. Até 2006, os elevadores funcionavam manualmente, à base de manivelas.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo