1. Maze
  2. ?? Tire suas Duvidas??
  3. Quarta, 12 Setembro 2007
  4.  Assinar via e-mail
:lol: Temos novidades!!!Recebi informações sobre a SPP - Sindrome Pós-Polio, veja noticia abaixo.[color=darkblue:34d1f3dac3]"Ministério Público Federal recomenda que INSS treine peritos sobre a Pós-Polio"."A promotora pública federal Inês Virginia Prado Soares eviou, no dia 17 de agosto de 2007, uma recomendação 'a Diretoria de Benefíciosdo INSS para que crie uma Portaria constituindo um Programa de Capacitação de seus médicos peritos, para uma ampla promoção e divulgação da Síndrome Pós-Poliomieleite. A Medida que atende a representação da ABRASPP ( Associação Brasileira da Sindrome Pós-Polio) contra o INSS, deverá ser tomada dentro dos próximos trinta dias e poderá dar fim às humilhações constrangimentos sofridos pelos pacientes de SPP nas perícias médicas." [/color:34d1f3dac3]A ABRASPP está tentando reunir pessoas com esse mesmo interesse e já tem algo na pagina da internet, http://www.abraspp.org.br ou pelo telefone (11) 6991-8912.Maze.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
O Brasil conseguiu incluir no Catálogo Internacional de Doenças a Síndrome Pós-Poliomielite (SPP). Caracterizada por uma nova perda de funções musculares que atinge pessoas que tiveram poliomielite e que chegam aos 40 anos, a SPP muitas vezes assume caráter incapacitante. Assim, a doença não poderá ser mais ignorada por peritos do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) ao analisar pedidos de aposentadoria precoce.A iniciativa, que começou na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), deve beneficiar cerca de 10 mil pessoas só na cidade de São Paulo e outras dezenas de milhares no País, todas com seqüelas de poliomielite e 60% já acometidas pela SPP, segundo os cálculos da própria instituição. Antes de ser reconhecida como doença, o entendimento sobre a SPP era de que os danos causados pela poliomielite não evoluíam e, se o cidadão conseguiu trabalhar até aquele momento, estaria apto a esperar a aposentadoria por tempo de serviço, como outro trabalhador qualquer.Além da fraqueza nos membros superiores e inferiores, o quadro da SPP inclui dificuldades de deglutição, hipersensibilidade ao frio, distúrbios do sono, fadiga e graves problemas respiratórios. O neurologista Acary Souza Bulle Oliveira, chefe do setor de Investigação em Doenças Neuromusculares da Unifesp, explica que a síndrome acontece, basicamente, pela super-utilização de neurônios originalmente não afetados pela poliomielite, mas que são sobrecarregados ao longo dos anos, o que justifica o fato de os sintomas da SPP se manifestarem somente a partir da meia-idade.Fonte: Folha Online
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. ?? Tire suas Duvidas??
  3. # 1
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Pessoal,Vamos debater sobre esse e outros assuntos relacionados a saúde das PPDs...Forte abraço.Lgassis.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. ?? Tire suas Duvidas??
  3. # 2
  • Página :
  • 1


Não há respostas feitas para essa postagem ainda.
Seja um dos primeiros a responder a esta postagem!
Convidado
Sua Resposta
Você pode inserir enquetes na sua postagem. A enquete irá então aparecer na postagem.
Opções de Voto
Nesta seção você pode fornecer seus detalhes do site aqui e é visível apenas para os moderadores.
Compartilhar Localização

Compartilha a sua localização atual ao postar uma nova pergunta permitem que os visualizadores identifiquem o local onde você está localizado.

Latitude:
Longitude:
Captcha
Para protejer o site de bots e scripts não autorizados, nós solicitamos que você digite os códigos de captcha abaixo antes de publicar a sua pergunta.