1. criskol
  2. Outros Assuntos
  3. Segunda, 06 Agosto 2012
  4.  Assinar via e-mail
Olá, eu sou portadora de displasia bilateral de quadril e após anos de dores terriveis,fiz duas cirurgias (Artroplastia Total de Quadril), nas quais coloquei próteses para substituir a articulação. O CID M16.2 identifica a doença, mas não a existencia das próteses, creio que sou deficiente físico pelas limitações sérias que tenho por causa da falta de parte do femur substituidos pelas próteses.Pretendo pleitear o benefício do INSS, não sou contribuinte. Alguem pode me iformar se tenho direito? A documentação do hospital em breve estará a minha disposição.Grata. Cristina.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer

Recebi a circular abaixo da FIAT. Não seria o caso de se consultar a receita federal a respeito???? Quem poderia fazer isto???? 

Senhores(as), O Departamento Fiscal da Companhia, após análise da legislação que trata da concessão de isenções de IPI em faturamentos para Taxistas, Deficientes Físicos e Diplomatas, formou seu parecer no sentido da impossibilidade de tomada de crédito de IPI na entrada dos produtos 500 e Freemont no mercado brasileiro. Como consequência, o IPI é custo na operação, inviabilizando a saída isenta destes produtos para o cliente final. Desta forma, a partir de 07 de Fevereiro de 2013, estão excluídos da política de venda a Taxista, Deficiente Físico e Diplomata os modelos 500 e Freemont. Pedidos já negociados até esta data, envolvendo os modelos 500 e Freemont para taxistas, deficientes físicos e diplomatas, deverão ser encaminhadas para meu e-mail até as 15 horas de hoje. Estes pedidos terão carregamento central e serão honrados pela Companhia. Os pedidos em carteira serão igualmente honrados. Atenciosamente, Lucas Alves Zanotte Fiat Chrysler LATAM Direct Sales Brazil

Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 1
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
A chevrolet vai lançar um SUV, que vai ser produzido no méxico, será que é possivel comprar este carro com as isenções? Fail
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 2
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Ai que esta o problema... o Ideal seria alguem que tem um escritorio contabil, ou pedir ao contador para fazer uma consulta na receita, pois ai tem valor Legal a resposta..Aparentemente da pra alegar que o acordo bi-lateral nao pode impor nenhum tipo de barreira ao comercio entre Mexico e Brasil, mas tem que ser via consulta formal a receita, assim como foi feita pela TAX logo acima.No caso da TAX eles estavam consultando sobre mercosul e nao sobre mexico, porem a resposta deixa margem para interpretações.Hoje a fiat diz que as venda realmente existiram, porem no momento, estao todas interrompidas.Sendo assim se alguem tiver contador ou trabalhar em escritorio contabil, por favor façam uma consulta a receita, isto pode ser feito diretamente pelo site.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 3
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Segundo a vendedora da minha concessionaria não.Ótimo tópico. Agora temos o fundamento "legal" de como alguns conseguiram isenção na Freemont.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 4
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
O HONDA CRV TAMBÉM É VENDIDO COM ISENÇÃO DE IPI?
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 5
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Na teoria não, pois é LEI, eles são obrigados a efetuar a venda com a isenção.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 6
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Alguem conseguiu confirmar com a FIAT se é assim que estão conseguindo a freemont com desconto?Pois oq vale para um vale para outro....Mesmo que a freemont entre pela argentina, não justificaria, pois o que conta é de onde o carro é originário, ou seja onde ele foi construído e não por onde ele entrou
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 7
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Será que isso explica o fato da Freemont e 500 da Fiat (ambos do México) serem vendidos com isenção? Será que essa decisão parte da vontade de cada montadora?
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 8
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Esse benefício se chama LOAS: "renda mensal familiar per capita seja inferior a ¼ do salário mínimo vigente"http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=23
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 9
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá, Não sou especialista nessa área, mas posso dizer que existia um benefício do INSS para quem é considerado incapaz para todo e qualquer tipo de serviço (inválido). Esse benefício era concedido independente de ser contribuinte. Era preciso também que a renda familiar fosse menor que de um salári mínimo. Com as várias reformas realizadas não sei ao certo se ainda existe, mas procure se informar pelo telefone da previdência (Tel: 135) ou em uma agência física.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 10
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá Cristina, seja benvinda! Vc disse que não é contribuinte, portanto, dificilmente vc terá algum benefício, veja o que diz no site do INSS: "Para concessão de auxílio-doença é necessária a comprovação da incapacidade em exame realizado pela perícia médica da Previdência Social. Para ter direito ao benefício, o trabalhador tem de contribuir para a Previdência Social por, no mínimo, 12 meses (carência). Esse prazo não será exigido em caso de acidente de qualquer natureza (por acidente de trabalho ou fora do trabalho) ou de doença profissional ou do trabalho."http://www.previdencia.gov.br/conteudoDinamico.php?id=21
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. Outros Assuntos
  3. # 11
  • Página :
  • 1


Não há respostas feitas para essa postagem ainda.
Seja um dos primeiros a responder a esta postagem!
Anônimo
Sua Resposta
Você pode inserir enquetes na sua postagem. A enquete irá então aparecer na postagem.
Opções de Voto
Nesta seção você pode fornecer seus detalhes do site aqui e é visível apenas para os moderadores.
Compartilhar Localização

Compartilha a sua localização atual ao postar uma nova pergunta permitem que os visualizadores identifiquem o local onde você está localizado.

Latitude:
Longitude:
Captcha
Para protejer o site de bots e scripts não autorizados, nós solicitamos que você digite os códigos de captcha abaixo antes de publicar a sua pergunta.