1. lelcunha
  2. O deficiente e o trabalho
  3. Quinta, 17 Março 2011
  4.  Assinar via e-mail
Gostaria de obter informações deste fórum, em relação a vagas destinadas para pne em concurso público. Se o fato de ter uma perna menor que a outra, decorrente de acidente de trabalho, necessitando de utilização de uso de palmilhas para correção dá direito ao candidato de concorrer a vagas como pne em concursos públicos. E qual seria os caminhos a percorrer para obtenção do laudo e o cid da deficiência. Obrigada.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
:) Olá Ana,Está correto sim, 5% de 20 =1, ou seja, você só será nomeada após 20 serem nomeados. ]Abraços,Paulo Sócio
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 1
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá, PauloEm relação a isso eu concordo, mas a instituição disse que as 20 pessoas convocadas tem q assumirem o cargo para o pne ser chamado, isso é correto?
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 2
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
:) Olá Ana Paula,Caso não tenha sido claro, entre neste link que é bastante esclarecedor sobre critérios para admissão de PPDs em concursos públicos:http://www.pciconcursos.com.br/consultoria/deficiente-fisico-forma-de-convocacaoBoa sorte, sua vez chegará.Paulo Sócio
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 3
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
:) Olá Ana Paula,Inicialmente parabéns pelo êxito no concurso.Está correta a colocação feita Instituição. Legalmente devem ser destinadas 5% das vagas de um concurso público, ora 5/100 equivalem a 20 vagas, concorda?Portanto a 21ª será sua, antes disto a Instituição não é obrigada a ocupar vagas para nós PPDs.Boa sortePaulo Sócio
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 4
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá, estou com um problema parecido com o seu BIELLSIMOES.Passei em um concurso em 1º lugar como PNE, a instituição me informou que tenho que aguardar 20 pessoas da lista geral assumirem para eu ser chamada.Li o edital do concurso e não diz nada a respeito.GrataPaula Augusto
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 5
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá, Pelo que conheço da legislação que trata da reserva de vagas para PNE's, sei que esta detalha os trâmites para a reserva de vagas no processo de seleção, porém não se aprofunda no quesito da convocação/nomeação. Passei por situações de concursos públicos em que a lei de reserva de vagas foi cumprida perfeitamente e no momento da convocação foi nomeado um PNE a cada 20 convocados da lista geral. Entretanto, estou aprovado em um novo concurso onde acabaram de convocar um grande grupo de pessoas e nenhum PNE. Ao fazer contato, me informaram que os PNE's serão convocados após toda a lista geral ser empossada. Ex.: Foram disponibilizadas 115 vagas e detre estas 8 vagas para PNE. Acabam de convocar 56 pessoas. Entendo que se for seguida a mesma regra de reserva de vagas, para o momento da convocação deveriam ter sido convocados, ao menos, 02 PNE's. A informação dada pela ouvidoria interna da instituição informa que serão convocados os 107 da lista geral e so após isso convocarão os 8 PNE's.Solicito opnião de entendidos do assunto sobre a legalidade da decisão tomada pela instituição em questão.Atenciosamente,Gabriel Simões
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 6
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Pessoal,É sempre importante e fundamental ler o edital e estar a par das leis sobre PNE.Eu mesmo, que sou monocular, participei do concurso para Oficial de Justiça no TJ/SP, passando em 1º lugar e ao fazer a perícia no DPME, todos os médicos me disseram que sou normal e que NUNCA seria considerado PNE. Apelei para o Ministério Público e ganhei a causa!Portanto, nunca desistam e sempre busquem os seus direitos!!!!
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 7
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
:) Olá K,todo concurso vem acompanhado de um Edital. Neste consta se existirão vagas ou não para PPD, ou PNE, e quais os tipos de limitações serão aceitas. Assim sendo, se sua MONOPARESIA, que de fato consta no Decreto 3298/99, for aceita, não há porque temer ser REPROVADA em exames médicos, não faz sentido. Na minha opinião você não está perdendo tempo nem dinheiro. Continue estudando e tentando, porém sempre fique atenta nas limitações constantes dos EDITAIS, esta é a palavra final.Boa sorte e não desista.Paulo Sócio
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 8
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá,Sou portadora de Esclerose Múltipla há 15 anos. Minha doença está controlada segundo o meu neuro e tenho como sequela monoparesia na perna esquerda, tenho laudo médico e isençoes para compra de veículos.Estou estudando há um ano para concursos públicos, pensando que posso concorrer às vagas para PNE. De repente surgiu-me uma dúvida: - Será que eu não estou "perdendo tempo e dinheiro"? Numa perícia médica, onde terei que informar a causa da minha deficiência, a doença poderia ser motivo para eu não poder ser nomeada ? Pois à princípio é uma doença desmielinizante ainda sem cura, ou seja, a minha deficiência não é de nascença e nem causada por acidente. Gosto de estudar, mas tenho medo de estar perdendo tempo e dinheiro.
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 9
Resposta AceitaPending Moderation
0
Votos
Desfazer
Olá lelcunha, veja resposta dada abaixo:
:) Olá veja bem, cada caso é um caso, até o ex presidente Lula ganhou aposentadoria por ter perdido o dedinho da mão esquerda, porém como ele era torneiro mecânico, talvez o médico tenha entendido que ele fazia juz a tal.Você como um vil mortal e pagador de impostos deve procurar um médico, pode ser tanto do SUS como particular. Ele, somente ele poderá ver se suas limitações físicas permitem lhe enquadrar no Decreto 3298/99, se sim ele informará sua CID - Classificação ou Código Internacional de Doença.Este é o passo inicial, sem isto nada feito, agradeça a Deus por ser uma PESSOA NORMAL....Paulo Sócio
Download Decreto 3298/99
Comentar
Não há comentários feitos ainda.
Adicionar comentário
  1. mais de um mês atrás
  2. O deficiente e o trabalho
  3. # 10
  • Página :
  • 1


Não há respostas feitas para essa postagem ainda.
Seja um dos primeiros a responder a esta postagem!
Convidado
Sua Resposta
Você pode inserir enquetes na sua postagem. A enquete irá então aparecer na postagem.
Opções de Voto
Nesta seção você pode fornecer seus detalhes do site aqui e é visível apenas para os moderadores.
Compartilhar Localização

Compartilha a sua localização atual ao postar uma nova pergunta permitem que os visualizadores identifiquem o local onde você está localizado.

Latitude:
Longitude:
Captcha
Para protejer o site de bots e scripts não autorizados, nós solicitamos que você digite os códigos de captcha abaixo antes de publicar a sua pergunta.