Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Para começar, um novo jeito de utilizar as redes sociais da internet. A ideia foi de Fábio Silva. Ele mobilizou 20 casais amigos para ajudar as vítimas das chuvas que castigaram o Estado no ano passado. Foi arrecadado um caminhão de colchões que valia cerca de R$ 28 mil, sem contar com o sorriso e a gratidão de quem iria receber diretamente das mãos de quem estava fazendo a doação. Assim surgiu o Novo Jeito. Um tipo de ONG que utiliza a rede virtual para fazer boas ações reais. “Não fazemos apenas a campanha. Nós mobilizamos uma corrente para arrecadar e entregar. Além dos ‘presentes’, levamos carinho”, explica Fábio com empolgação. “Não queremos apenas um Novo Jeito de ajudar o próximo. Queremos difundir um Novo Jeito de viver, sempre pensando no bem do outro”, complementa.

A corrente do bem cresceu. Hoje, nas ações, aparece gente que Fábio nem conhecia. O Twitter já tem mais de 10 mil seguidores. O número foi conquistado mais uma vez por meio da uma corrente: a campanha mais recente, sétima promovida pela entidade, doa uma cadeira de rodas a cada 100 novos seguidores. A meta é doar 100 cadeiras até dezembro. O dinheiro para comprar os aparelhos sai do bolso dos organizadores.

A rede foi tão grande que moveu até o craque de futebol mundial Ronaldo. Ele postou no seu perfil a ideia da campanha. Num clique, conquistou 3 mil seguidores para o Novo Jeito e, claro, 30 cadeiras de rodas para quem precisa.

Os organizadores da campanha estão, agora, tentando mobilizar o fenômeno para vir entregar os donativos. Pessoalmente, como o projeto valoriza. E a “campanha paralela” já surtiu efeito. A rede gerou a hastag (marca utilizada na rede para determinar que está se falando de um assunto específico) #entregaronaldo, pedindo a vinda dele. O assessor de imprensa do ex-jogador entrou em contato com os organizadores e está negociando a possibilidade.

“É isso que nós queremos. Ronaldo twitou a campanha e conquistou as cadeiras de rodas para nós, mas não queremos apenas doar. Queremos que ele venha entregar na casa das pessoas”, enfatizou Fábio Silva.

 

» Veja vídeo mostrando algumas entregas divulgado no site do Novo Jeito:

Outra surpresa desta campanha veio durante uma das entregas. A senhora que iria receber a cadeira revelou um outro sonho, além do de poder locomover-se. Queria tomar sorvete diet. Desejo realizado. O aparelho chegou junto com vários potes do doce gelado levados por quem foi fazer a entrega.

E como é feita a escolha de quem vai receber a doação? As pessoas podem se inscrever pelo site, contando um pouco da sua história e enviando uma foto. Outra maneira é por meio da rede de relacionamentos. Alguém fica sabendo que uma pessoa está precisando e a indica.

Um exemplo. A senhora que ganhou a cadeira de roda e os potes de sorvete diet tinha um vizinho também deficiente físico. Como ela, ele sonhava poder locomover-se. Então, a mulher que foi ajudada começou a ajudar. Ela emprestava a cadeira para o vizinho quando ele precisava muito. O grupo ficou sabendo. E realizou mais um desejo. O homem que pegava a cadeira de rodas emprestada da vizinha ganhou uma só dele.

O Novo Jeito ainda não tem uma sede. Está na lista dos próximos desafios. Por enquanto, vive apenas nos locais onde há necessidade de algo, seja donativo, sorvete diet ou simplesmente atenção.

Os outros itens da lista são, na verdade, o valor que conduz o grupo desde o começo: usar as redes sociais como uma ferramenta para fazer o bem comum e trazer as pessoas do virtual para o real.

CONTATO - Para saber mais sobre o projeto e acompanhar os próximos passos, acesse o portal Novo Jeito, siga o Twitter e o Facebook ou se cadastre na newsletter (boletim de notícias) por meio do site.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo