Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O acesso da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG) agora tem rampas de acesso para pessoas com deficiência física que precisam utilizar cadeiras de rodas. A inovação faz parte do projeto “Academia com Acesso Universal”.
Conhecida entre as polícias de todo o País pela excelência de suas instalações, a APMG promove durante todo o ano atividades abertas a toda a comunidade. Com a inovação, os deficientes terão acesso mais fácil à Academia.

Segundo o comandante da APMG, coronel Roberson Bondaruk, a construção das rampas foi o primeiro passo no desenvolvimento do projeto. O projeto de adequação do acesso principal da APMG foi realizado pelo arquiteto Ricardo Mesquita.

“Na sequência, está prevista a instalação de elevadores. A APMG oferece cursos, seminários e palestras a estudantes e cidadãos, e quer incentivar cada vez mais a comunidade a usar seu espaço”, afirma o comandante.

Dois policiais da reserva participaram da inauguração da rampa. “É uma conquista. Hoje, posso chegar aqui sem que ninguém precisa me ajudar com a cadeira de rodas”, afirma o sargento Alberto Moi, deficiente físico há 24 anos. Para o sargento Leocádio Kovalski, o projeto foi uma surpresa. “Com o reconhecimento da corporação das minhas necessidades, diminuem-se as diferenças, e aumenta minha cidadania”, elogiou.

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo