Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Trecho de canteiro central localizado entre as avenidas Lucas Borges e Rockfeller, que liga Vila Militar ao Residencial Trancredo Neves não apresenta pontos que ofereçam rampas. O concreto em nível alto impossibilita passagem de usuários de cadeira de rodas ou de mães que estejam conduzindo carrinhos de bebê.

Por essa razão, na tarde de ontem, o cadeirante Israel Garcez, já conhecido por militar em prol da causa, resolveu tomar providências. Com auxílio de um martelo convencional, utilizado em construções, ele começou a quebrar o meio fio, desobstruindo o local, onde uma rampa deveria ter sido implantada.


Na falta de uma passagem, o deficiente físico precisa dar uma volta em torno do quarteirão para chegar ao destino, que teria a distância encurtada, se não fosse pelo obstáculo.  “É mais uma dificuldade encontrada por burrice do poder público, afinal, todo conjunto novo deve ser inaugurado com acessibilidade e aqui o serviço ficou pela metade”, pontuou.

Ressaltando buscar solução para o caso desde outubro do ano passado, Israel garantiu ter conversado com dois secretários responsáveis e que eles se comprometeram a executar a obra, mas não foi o constatado.

Em resposta ao protesto, o superintendente de obras públicas da Secretaria de Infraestrutura, José Donizetti de Melo, informou que essa demanda já chegou há algum tempo e foi repassada para o setor de manutenção. Ainda de acordo com ele, a equipe que trabalha na realização do serviço é pequena para atender todos os chamados.

Quanto ao ato cometido por Israel, o superintender disse que não quer confusão e que o cadeirante pode ser responsabilizado por dano ao patrimônio público.

Mas o autor da reclamação parece não ter se intimidado com a possibilidade de uma repressão por interferir no estado de bem público, enquanto assolava o canteiro. “Se a prefeitura não quer nos dar o direito de ir e vir, eu vou fazer assim daqui para frente”, concluiu

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo