Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Célio Corte com o decreto de nomeação em mãos (Foto: Cassio Albuquerque/G1)O ex-cobrador de ônibus, Célio Corte, de 38 anos, recebeu na manhã desta terça-feira (13), o seu decreto de nomeação para o cargo de professor de História, na rede pública estadual do Amapá. Deficiente físico, ele é um dos 545 aprovados no cadastro reserva do concurso público para a Educação no estado, realizado em 2012. Os 414 professores, 57 pedagogos, 28 especialistas educacionais e um instrutor musical foram nomedaos em cerimônia de posse no Teatro das Bacabeiras.

"Eu trabalhava à noite e pela manhã eu estudava. Era muito cansativa a minha rotina, passei por várias dificuldades em minha vida. Já nasci com uma limitação nas pernas, mas isso não foi motivo para eu desistir dos meus sonhos. Estudei muito para esse concurso e graças a Deus eu fui chamado", comemorou Corte, que trabalhou por 8 anos como cobrador de ônibus em Macapá.

Os selecionados no concurso da educação foram convocados na segunda chamada do pleito. Eles foram aprovados após apresentação documental. Os novos servidores estarão à disposição da Secretaria Estadual de Educação (Seed), a partir da segunda quinzena do mês de agosto.

Os aprovados serão distribuídos para escolas da capital e do interior do estado, para suprirem a carência de profissionais na rede pública. Na primeira chamada foram efetivados 699 candidatos ao quadro do serviço público estadual.

"A chamada desses servidores foi pensada justamente para não prejudicar o calendário escolar, e resolver os problemas de falta de professores em algumas disciplinas", explicou a secretária Elda Araújo

Comentários (0)

Classificado 0 em 5 com base em 0 votos
Ainda não há comentários publicados aqui

Deixe seus comentários

  1. Publicar comentário como convidado.
Rate this post:
0 Caracteres
Anexos (0 / 3)
Compartilhe sua localização
Digite o texto apresentado na imagem abaixo